• novembro negro
  • Curta no Facebook
  • Nosso Instagram
  • Veja no YouTube
  • Feed RSS
  • Programação Pelourinho
  • TVE










  • Educadora FM
  • TV KIRIMURÊ
  • Agenda Cultural (Funceb)
  • Respeita as Mina
  • Mapeamento dos Conselhos Municipais de Cultura em ATUALIZAÇÃO
  • MROSC

Conselho Estadual de Cultura

28/05/2019 17:10

Adinil Batista e Junieques Santos são eleitos presidente e vice-presidente do Conselho Estadual de Cultura

O Conselho Estadual de Cultura em realização da 3ª e 4ª sessão plenária do ano de 2019, elegeu na tarde desta segunda (27), Adinil Batista para presidente e Junieques Santos como vice-presidente. Ambos assumem a mesa diretora para o mandato até 2022. A nova gestão será empossada na próxima reunião plenária no dia 27 de junho, na sede do CEC-BA.

A sessão começou pela manhã com a aprovação da ATA da última plenária realizada no mês de abril. Em seguida foi aberto espaço para os informes dos conselheiros, dentre eles ocorreu o questionamento por parte do conselheiro Emílio Tapioca sobre o documento enviado pelo IAB – Institutos de Arquitetos do Brasil ao Conselho Estadual de Cultura solicitando um pedido de apoio para tornar a edificação como patrimônio da Bahia e Brasil, assim como a sua salvaguarda.

O presidente da Câmara Técnica de Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Natural do CEC, Zulu Almeida respondeu que a decisão dos membros da Câmara foi de aguardar um posicionamento do IPAC, para tomar qualquer tipo de decisão e prestar uma resposta ao IAB.

A pauta da manhã seguiu com a leitura do parecer de solicitação do registro especial da Procissão do Fogaréu como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado. Há mais de oito décadas a manifestação religiosa reforça os laços de fé, tradição e cultura. O Fogaréu surgiu em 1930, através do Padre Carlos Ribeiro na cidade de Serrinha, Território do Sisal. O parecer anteriormente aprovado na Câmara de Patrimônio é de autoria da conselheira Ana Vaneska sendo lido pela própria parecerista e aprovado pelo Conselho.

Prosseguindo a pauta do dia foi concedido a palavra do "Fala Sociedade", na ocasião a conselheira Ladailza apresentou na plenária o projeto "Oxe Bahia - Rede de Bibliotecas Comunitária'', que tem a proposta de construção de mais bibliotecas nos municípios do Estado da Bahia e pelo reconhecimento da leitura como direito humano. A conselheira apresentou para os membros do CEC, defendendo a importância do projeto.

Processo Eleitoral - O período da tarde foi reservado para os tramites da eleição da nova gestão do CEC, antes da votação secreta, cada chapa apresentou suas plataformas de ações e puderam defender as suas propostas durante 10 minutos.

A primeira chapa a se apresentar e defender sua plataforma de ações para o conselho foi a de Suely Melo e Bruna Setenta que dentre as propostas, pontuou que caso eleitas: "Propor a criação de incentivo para fanfarras e filarmônicas, sugerir programas de incentivo para formação presencial e online especifico para os conselheiros municipais e defender o fortalecimento dos conselhos municipais" A chapa também sugere a criação de uma credencial de identificação, para que cada conselheiro tenha o devido reconhecimento institucional. Defendem também o projeto de itinerância nos territórios com objetivo de promover a interação, trocas de ideias e fortalecimento das políticas de cultura.

Já a segunda chapa a se apresentar, Pan Batista e Juniex Santos. A chapa apresentou cerca de 20 compromissos como parte das ações que pretendem exercer caso eleita. Pan afirmou estar preparada e aberta ao diálogo com o coletivo, ressaltando que pretende ouvir a todos. Em relação as propostas Juliex destacou algumas delas, como: “realizar gestão participativa com escuta e construção coletiva, defender a ampla representatividade da sociedade civil no CEC. Promover espaços de formação aos conselheiros para fortalecer debates. Primar pela continuidade de itinerância do CEC nos territórios e dar continuidade ao projeto "Fala Sociedade" entre outros pontos.

A chapa Pan Batista e Juniex Santos obteve 16 votos, já a chapa Suely Melo e Bruna Setenta obteve 11 votos.  O CEC é composto por 30 conselheiros titulares cada um deles com seu próprio conselheiro suplente. Na sessão estavam presentes 27 conselheiros com direito a voto.

.

Conselheiros em votação secreta durante a plenária

Presidência e Vice-Presidência – Eleita presidente Adinil Batista de Souza, ou Pan Batista como gosta de se identificar, representa o setor de Manifestações Populares. Nascida e criada na comunidade quilombola de Santiago do Iguape, Pan é a primeira quilombola da UFRB/CAHL a ser contemplada com a bolsa permanência do MEC para quilombolas. Foi eleita delegada estadual de cultura (2013) na conferência nacional como representante quilombola da Bahia. Em (2014) eleita conselheira de cultura municipal de Cachoeira pelo segmento Cultura Popular tendo a maior votação da conferência. Participa na categoria de estudante e assistente do projeto sobre comunidades Quilombolas pertencentes ao município de Cachoeira-BA, da empresa Brasil com Artes em parceria com a Fundação Cultural Palmares e o Empreendimento Estaleiro Enseada do Paraguaçu. Autora e coordenadora do projeto em homenagem a cultura e identidade do povo negro quilombola, a Feira de Cultura Afro Brasileira Do Iguape.

O Vice-presidente Junieques Batista dos Santos ou Juniex Santos como costuma se identificar, é natural da cidade Itamaraju onde reside. Formado em Administração pela Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas, Especializando em Transdisciplinaridade da Cultura pela Universidade Estadual da Bahia, Produtor Cultural desde 2005, ativista cultural, palestrante e conferencista. Atuou como Representante Territorial de Cultura da SecultBA no Extremo Sul entre 2013 e 2016. Foi Coordenador da Câmara Temática de Cultura e Coordenador Técnico do Colegiado Territorial do Extremo Sul - CODETER entre 2013 e 2017. Atualmente presta consultorias a instituições e produtores, além de ser o Coordenador Cultural do Projeto Escolas Culturais na cidade de Itamaraju.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.