• Curta no Facebook
  • Nosso Instagram
  • Veja no YouTube
  • Feed RSS
  • Programação Pelourinho
  • Fazcultura 2016 abre inscrições
  • TVE











  • Educadora FM
  • TV KIRIMURÊ
  • Agenda Cultural (Funceb)
  • Respeita as Mina

Conselho Estadual de Cultura

28/05/2019 17:00

CEC marca presença em audiência pública sobre Filarmônicas da Bahia

Conselheiros estaduais de cultura estiveram presentes na manhã desta terça (28) na audiência pública: "Filarmônicas da Bahia e seus desafios". A sessão ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado sendo realizada pela Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público. Antes do início oficial, a sessão foi pré-iniciada no pátio da ALBA com a execução do Hino Nacional, sob o comando do Maestro Fred Dantas.

Cerca de 100 músicos e representantes de aproximadamente 60 filarmônicas lotaram o Auditório Jornalista Jorge Calmon, que contou com a presença de filarmônicas de diversos municípios, como das cidades de Muritiba, Cachoeira, Venceslau Guimarães, Brumado, Irecê, Camaçari, além da Banda de Alunos da Escola Técnica São Joaquim de Salvador e a Banda Filarmônica da Polícia Militar da Bahia.

Com a proposta de conhecer os desafios enfrentados pelas filarmônicas do estado e dar mais atenção a situação atual dos diversos grupos existentes nos municípios, a sessão foi presidida pela Deputada Fabíola Mansur, também conselheira de cultura do estado representante da ALBA. "Esta audiência pública tem como um dos objetivos o fortalecimento das políticas voltadas às filarmônicas, instrumentos importantes para inclusão da juventude e para a cultura baiana" Afirma Mansur.

O Conselheiro de Cultura Gilmar Faro compôs a mesa da sessão como representante do CEC. Faro também é fundador e atual presidente da Federação das Bandas Filarmônicas da Bahia - FEBAF. As filarmônicas fazem parte de sua trajetória e por este motivo a discussão é tratada também no âmbito do Conselho de Cultura. Estiveram também presentes as conselheiras Bruna Setenta, Suely Melo, Nide Nobre e os conselheiros Luciano Rocha e Kuka Matos.

A mesa da sessão foi composta por Fabiola Mansur, Gilmar Faro, além do professor Paulo Costa Lima, pró-reitor da Ufba, Maestro Roberto Franco, da filarmônica Minerva Cachoeirana; professor Celso Benedito, pesquisador das filarmônicas da Ufba e membro do Fórum das Filarmônicas; Maestro Helder Passinho, da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia, Neojibá e Maestro Fred Dantas; Babalorixá Raimundo de Xangô, sacerdote da Umbanda; Padre Lázaro Muniz, pároco da Igreja Santa Cruz no bairro Federação,  Luís Cláudio Guimarães, presidente da Academia de Letras e Artes de Salvador; José Carlos Travessa, diretor da Escola Técnica São Joaquim; Maurício Brandão, da Escola de Música da Ufba, e Renata Dias, da Fundação Cultural, que representou o Governador Rui Costa.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.