• Programa de Estágio
  • Curta no Facebook
  • Nosso Instagram
  • Veja no YouTube
  • Feed RSS
  • Programação Pelourinho
  • TVE











  • Educadora FM
  • TV KIRIMURÊ
  • Agenda Cultural (Funceb)
  • Respeita as Mina

Conselho Estadual de Cultura

26/08/2019 13:20

Divulgado resultado de análise de mérito da 2ª chamada do Edital de Mobilidade Cultural 2019

A Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA) divulgou no Diário Oficial do Estado deste sábado (24) o resultado da análise de mérito da segunda chamada do Edital de Mobilidade Cultural 2019. A Comissão Gerenciadora do Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) aprovou 21 propostas das 46 inscritas na chamada pública.

Confira o resultado AQUI

O prazo para interposição de recursos, através do portal Siic, encerra-se em 30 de agosto. Os pré-selecionados devem ficar atentos à convocação para entrega da documentação obrigatória, que ocorrerá no início de setembro de 2019.

No total, serão investidos R$ 454.165,00, sendo que 38% do valor serão direcionados para os territórios culturais do Sisal, Portal do Sertão, Médio Rio de Contas, Litoral Sul, Bacia do Rio Grande, Chapada Diamantina, Sertão do São Francisco e Recôncavo. As áreas de concentração que mais receberam projetos foram Música (28,5%), Audiovisual, Teatro e Dança (9,5% cada).

As propostas abrangem as categorias Formação artística e cultural (Adulto); Formação artística e cultural (Infantojuvenil); Residência artística e cultural; Intercâmbio e Cooperação Cultural ; Circulação, Difusão e Promoção. As atividades de mobilidade cultural acontecerão no período de novembro de 2019 a janeiro de 2020.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura em articulação com as Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, geralmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. Modelo de referência para outros estados da federação, o FCBA está estruturado em quatro linhas de apoio: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural; Fomento Setorial.


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.