• Corona Vírus Orientações
  • Curta no Facebook
  • Nosso Instagram
  • Veja no YouTube
  • Feed RSS
  • Programação Pelourinho
  • TVE










  • Educadora FM
  • Agenda Cultural (Funceb)
  • Respeita as Mina
  • Mapeamento dos Conselhos Municipais de Cultura em ATUALIZAÇÃO
  • MROSC

Conselho Estadual de Cultura

30/07/2020 14:50

CEC aprova Moção de Aplauso para Filarmônica Terpsícore Popular de Maragogipe

A Filarmônica Terpsícore Popular de Maragogipe-Bahia, nasceu da extinta Filarmônica Menimosina, fundada em 13 de junho de 1880 pelo Maestro Theodoro Borges da Silva, que junto a Ormindo Acelino de Sousa convoca outros cidadãos de Maragogipe, dentre os quais Conrado Barbosa, Antônio P. de Brito e Manoel Laranjeiras para fundar a Filarmônica Terpsícore Popular de Maragogipe. O senhor Conrado Barbosa, foi presidente da Assembleia Geral, pediu a todos o presente a "união de todos". O Theodoro Borges da Silva foi seu primeiro regente e Presidente. A Moção de Aplauso é de autoria do Conselheiro Gilmar de Faro Teles. Faro além de conselheiro é membro da Câmara de Patrimônio do CEC e presidente da Federação Baiana de Filarmônicas da Bahia (FEBAF).



Reprodução/Facebook



Conselho Estadual de Cultura (CEC) - Órgão colegiado do Sistema Estadual de Cultura que tem entre suas atribuições a missão de apreciar e contribuir com a elaboração e o cumprimento do Plano Estadual de Cultura. Além disso, deve propor e estimular a discussão sobre temas relevantes para a cultura na Bahia, assim como promover a participação da sociedade civil na definição e fiscalização das políticas, programas, projetos e ações culturais.

O CEC é responsável ainda por deliberar tecnicamente sobre processos de tombamento, registro e salvaguarda de bens materiais e imateriais do Estado, a partir de dossiês preparados previamente pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, autarquia vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult). Se aprovados no CEC, os processos são encaminhados para a governadoria e em seguida para sanção do governador.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.