• novembro negro
  • Use Máscara

Conselho Estadual de Cultura

01/07/2021 16:50

Funceb se apresenta para a Comissão de Segmentos do Conselho Estadual de Cultura

Na tarde desta quinta-feira (01/7), a Funceb foi apresentada à Comissão de Segmentos do Conselho Estadual de Cultura (CEC), reunindo mais de 30 representantes de segmentos culturais do estado, a exemplo do hip-hop, cineclubes, quadrilhas juninas, filarmônicas, teatro de rua, teatro de bonecos, dentre outros.

Presidida pelo conselheiro Táta Ricardo Tavares, a Comissão tem como titulares André Luís (Vice-presidente), Uilson Pedreira, Gilmar Dantas e a diretora geral da Fundação Cultural, Renata Dias, que na ocasião apresentou como a Funceb se constitui no âmbito da Secretaria de Cultura do Estado, além de um balanço das ações da Fundação Cultural no período de 2017 a 2020.O assessor de Relações Institucionais da Funceb, Kuka Matos, também estava presente na reunião.

A Comissão de Segmentos Culturais 2021 convocou publicamente quem faz cultura no estado em toda sociedade civil, para que atuassem enquanto fiscalizadora, requerente, com o intuito de moldar os trabalhos do ano. “Essa é a primeira vez que uma Comissão traz a sociedade como precursora do processo de formatação dos trabalhos. Só podemos construir um relatório oriundo das oitivas, dos depoimentos, da colheita de material e dos anseios de quem faz Cultura. Um instrumento norteador pra formatar as políticas públicas culturais no estado. Não podíamos fazer isso sem quem faz a Cultura e para quem é feita. As políticas para 2022 serão pautadas por este relatório aqui”, disse Tata Ricardo Tavares, presidente da Comissão.


Em sua fala, a diretora geral da Funceb, Renata Dias enalteceu o papel da Comissão. “É um orgulho falar com vocês, uma Comissão que tem por missão problematizar, tencionar os aspectos da política de Cultura que desenham o lugar dos segmentos nesse cenário. Somos a autarquia que salvaguarda a existência das linguagens artísticas, um lugar sensível que é cuidar desse espectro da política”, disse. Renata apresentou a missão, valores e estratégia da Fundação, falou dos elos da cadeia produtiva da Cultura e seguiu abordando as entregas da instituição no período de 2017 a 2020.

A diretora geral também trouxe anúncios para os presentes, a exemplo da mudança para uma nova sede administrativa, a atualização do Estatuto da Funceb e a recomposição dos Colegiados Setoriais das Artes. “Pra podermos dialogar melhor sobre esse arcabouço de leis que virão e que precisam de maturidade politica pra enriquecer essa construção. Uma entrega que ainda perseguimos para este ano”, finalizou.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.