Conselho de Cultura do Estado

Composto por 60 conselheiros (30 titulares e 30 suplentes), o Conselho Estadual de Cultura do Estado da Bahia (CEC-BA) é um órgão colegiado da Secretaria de Cultura do Estado, de caráter normativo e consultivo, ligado diretamente ao Gabinete do Secretário, que tem por finalidade contribuir para a formulação da política estadual de cultura.

Os Conselheiros de Cultura da Bahia são representantes da sociedade civil reconhecidos por suas expressivas contribuições à cultura baiana. Até 2013, os conselheiros eram escolhidos pelo poder público. Em 2014, uma nova configuração começa a se formar. A composição do Conselho Estadual de Cultura (CEC) respeita a Lei Orgânica de Cultura, que amplia o quadro de conselheiros para 60, entre titulares e suplentes.

Desse modo, o Conselho Estadual passa a ser formado por 2/3 de seus membros oriundos da sociedade civil e 1/3 do poder público. Os conselheiros não possuem vínculo empregatício com o Governo do Estado, recebendo, apenas, uma gratificação simbólica pelas atividades desenvolvidas no órgão.

Fachada do CECFachada do CEC









Recomendar esta página via e-mail: